sábado, 13 de setembro de 2008

Dicas de Sustentabilidade - 002

Lembrando, lixo só é realmente lixo quando ele perde totalmente sua utilidade. O que pode ser considerado lixo por você, pode ser considerado matéria prima para alguém. De uma forma que todo mundo entenda, desperdiçar o que quer que seja, é jogar dinheiro fora.

1. Elimine o lixo tóxico. Para os outros tipos de lixo, vale a lei dos três "R"s: Reduza, Reutilize e Recicle.

2. Ao ir à feira ou ao supermercado, leve uma sacola, você estará diminuindo a quantidade de plásticos jogados no meio ambiente.

3. EVITE objetos feitos de plástico. Eles utilizam petróleo na sua fabricação e são fonte de contaminação do ambiente.

4. Não consuma bebidas em garrafas PET. Por entupirem bueiros e galerias, elas são uma das principais causas de enchentes nas grandes cidades.

5. O vidro é responsável por 3% do lixo residencial do país. Reutilize-o ou recicle-o.

6. Ao comprar um produto, preste atenção na EMBALAGEM que você está levando. Recuse as que não informam a sua composição química e eleja as ecologicamente corretas.

7. A extração de ferro, estanho e alumínio é cara. Esses minerais, uma vez tirados da natureza, levam milhares de anos para se renovarem. Por isso, evite-os e recicle-os.

8. Tire seu nome do "mailing" de empresas que enviam correspondências que não interessam. Evite a derrubada de mais árvores.

9. Prefira móveis feitos de material reciclado.

10. Não jogue fora sua mobília. Dê para alguém ou a reutilize.

11. Madeiras podem ser sempre reaproveitadas. Reduza a produção de lixo procurando lugares que as aceitem ou recolham.

12. Ao reciclar o alumínio, você estará economizando 90% da energia necessária para produzi-lo.

13. Prefira substitutos simples e naturais a produtos com vários ingredientes químicos complexos. Materiais naturais usualmente envolvem menos poluição e interagem mais suavemente com o ambiente e com nossos corpos.

14. Utilize os dois lados do papel. Não desperdice. As árvores agradecem.

15. Na compra de carpetes, evite fibras sintéticas em favor dos materiais naturais, como algodão e lã. E compre somente aqueles que não foram tratados com inseticidas, fungicidas e impermeabilizantes.

Um comentário:

Veiga disse...

valeu pelas dicas...